Bunge

Salsaretti

Dicas

Voltar
Sem chororô

Sem chororô!

O truque para cortar cebola sem chorar é deixa-la descascada imersa em água com gelo por aproximadamente 5 min antes de picar.

Tá no ponto

Tá no ponto!

Cozinhe o macarrão um minuto a menos do que manda a embalagem pois o restante do cozimento acontecerá quando você o juntar ao molho.

Temperos bem guardados

Temperos bem guardados!

Guarde temperos e especiarias em um lugar fresco e escuro, e não acima do seu fogão. Luz, umidade e calor farão com que as ervas e especiarias percam seu sabor.

Ovo para consumo

Ovo para consumo!

Para saber se os ovos estão frescos antes de quebrar, coloque num copo d’água. Se boiar na superfície está estragado. Só pode tangenciar a superfície.

Amadurecendo as frutas

Amadurecendo as frutas!

Uma banana pode acelerar o amadurecimento das frutas. Experimente colocar uma fruta verde em uma caixa fechada com a banana.

Molho ao sugo

Molho ao sugo: qual macarrão devo usar?

O molho ao sugo deixa a massa brilhar. Seu sabor é irresistivelmente suave e inconfundível. Por ter grande poder de aderência ao macarrão, o molho ao sugo vai muito bem com massas mais longas, como o talharim e o espaguete. Prove e comprove!

Facilite a vida com molho em cubinhos

Facilite a vida com molho em cubinhos

Para quem normalmente prepara porções menores de comida, uma boa dica é congelar o molho Salsaretti em forminhas de gelo. Assim, sempre que você precisar de um bom molho, basta refogar um ou dois cubinhos em uma panela ou esquentar no micro-ondas. Fácil, não é mesmo?

A matemática da macarronada

A matemática da macarronada!

Quer saber quanto de macarrão cozinhar? Calma, tem uma continha muito simples que pode te ajudar. Em média, 4 pessoas consomem 500g de macarrão. Use isso como base que você não vai errar: 750g = 6 pessoas, 500g = 4 pessoas, 250g = 2 pessoas. Agora, mãos à massa!

Como fazer para a massa não grudar?

Como fazer para a massa não grudar?

Todos nós gostamos de massas soltinhas e saborosas, não é mesmo? Para isso, é preciso cozinhá-las em bastante água e mexer algumas vezes durante o cozimento. No caso de massas longas, utilize um garfo para separá-las. E lembre-se: acrescentar óleo ou azeite não é necessário.

Queijos com um quê a mais

Queijos com um quê a mais

Para levar à mesa queijos com um quê de sofisticação, utilize o descascador de legumes e corte fatias finas de queijo parmesão. Esta é uma alternativa simples e apetitosa para substituir o queijo ralado tradicional.

Pratos mais crocantes e perfumados

Pratos mais crocantes e perfumados

Já pensou em decorar seus pratos com folhas de sálvia fritas no azeite? Além da crocância e do perfume, este simples detalhe demonstra o seu cuidado com o alimento. Bom apetite.

Peixes de dar água na boca

Peixes de dar água na boca

O molho Salsaretti Gourmet Clássico é seu melhor parceiro na hora de cozinhar com rapidez e sofisticação. Para preparar filés de peixe saborosos, experimente assá-los sobre uma camada generosa de molho. Em seguida, basta servir e saborear!

O alho dá um toque

O alho dá o toque

Para servir pratos ainda mais apetitosos, siga esses passos: em forno médio, asse uma cabeça de alho enrolada em papel alumínio até que fique macia. Depois, separe os dentes e use-os para decorar seus pratos.

Pratos fermuados = Muitos elogios

Pratos perfumados = Muitos elogios

O aroma é um dos principais ingredientes da boa culinária. E uma dica simples para perfumar seus pratos é bater ervas com azeite e, em seguida respingar sobre os alimentos. Em alguns minutos, seus pratos estarão muito mais cheirosos e apetitosos.

Reaproveitar é preciso

Reaproveitar é preciso

A água do cozimento das batatas ou da massa é muito nutritiva e, por isso, pode ser reaproveitada para regar as plantas. Mas, atenção: essa água só deve ser utilizada se estiver sem sal e em temperatura ambiente.

Compartilhar